Capitão Barbante
Capitão Barbante
R$ 38,50
Autor(es): Henrique Vale Ilustrador(es): Anabella López
Tamanho: 23 x 23 cm Páginas: 36 Faixa Etária: a partir de 8/9 anos ISBN: 9788583490111 Categoria: Tema: Aventura / Brincadeiras/jogos infantis / Realidade e fantasia

O boneco Capitão Barbante, criado pelo menino Marcos, nasceu de pedaços de jornais velhos, canetinhas coloridas e barbantes. Depois de muitas brincadeiras, o pobre boneco é arremessado para o alto, enterrado na areia e abandonado no quintal pelo menino. E foi assim que o Capitão Barbante despertou para a vida, indo buscar o que a imaginação de seu criador inventara para ele: seu barco perdido.

  • Conversar com os alunos sobre as brincadeiras preferidas com bonecos ou bonecas (artesanais ou industrializados). Comentar também sobre os cuidados que os brinquedos requerem ou sobre os maus tratos impostos a eles. Juntar as opiniões ao episódio do livro: o menino cansou-se do boneco, abandonou-o e foi jantar.
  • Entrar no universo dos piratas, orientando os alunos numa pesquisa rápida: origem dos piratas, o que faziam, piratas famosos na literatura, o papagaio do pirata, o uso da perna de pau (pelos piratas e pelos atores circenses).
  • Pedir comentários sobre os traços marcantes da ilustradora Anabella López.
  • Levar os alunos à biblioteca e pesquisar sobre o livro A ILHA DO TESOURO, um clássico de Robert Louis Stevenson, citado no livro.
  • Hora da música: pesquisar na internet o vídeo ou a letra da marchinha carnavalesca “Pirata da perna de pau”, de Braguinha, composta em 1946: “Eu sou o pirata da perna de pau, de olho de vidro, da cara de mau”. Cantá-la em classe, enquanto desenham o pirata de sua imaginação. Expor os desenhos num varal, pedindo aos alunos que deem um nome ao seu pirata.
  • Produção de texto: “Um pirata moderno à procura de seu barco”.